Realidade Virtual e a Psicologia Clínica: quando os gadgets são muito mais do que úteis

O GAPSI, em colaboração com o DIP, convida-o a participar no projeto “E se cada mês vestisse a cor de um curso?”. Esta iniciativa pretende promover o trabalho multidisciplinar, sendo que, neste mês, sublinhamos a importância da relação entre Psicologia e Informática. Neste sentido, no dia 25 de maio às 18h00, na sala 1 do Edifício da Rua Augusta, irá realizar-se um seminário intitulado “Realidade Virtual e a Psicologia Clínica: quando os gadgets são muito mais do que úteis”. Com o foco no curso de Informática, incluindo sempre uma componente da área da Psicologia, este seminário pretende criar um espaço de debate e reflexão em torno da utilização e desenvolvimento de novas tecnologias, como ferramentas úteis em contexto psicoterapêutico. Para abordar este tema, contamos com a presença do Doutor Luíz Gamito – Psiquiatra, com experiência no recurso à Realidade Virtual em processos psicoterapêuticos – e o Professor Doutor Pedro Gamito – Professor da Universidade Lusófona, com experiência no desenvolvimento de sistemas de Realidade Virtual aplicados à psicoterapia.
Realidade Virtual e a Psicologia Clínica: quando os gadgets são muito mais do que úteis

Deixar uma resposta